cohiba

Cohiba – Por que a fama?

“Simplesmente impecável”, “um trabalho de arte” e “um símbolo de boa vida” são algumas das frases que segundo a marca, definem seu produto. Mas o que faz da Cohiba a marca de charutos mais famosa do mundo?

É muito comum que aficionados e leigos utilizem o nome Cohiba como sinônimo de qualidade e alto preço, muitas vezes sem conhecer as características que os definem.  Hoje em dia fanfarrões brasileiros já fazem ideia do glamour que envolve este nome e não é incomum que se veja práticas terríveis de maus tratos a exemplares caros, só para que exibam a anilha dentro do seu âmbito de ostentação furada. Sim, meu caro. A moda pegou por aqui.

Por um outro lado um pouco mais educado, podemos pensar em atrair menos olhares. Até mesmo nas tabacarias, há quem corte a ponta do seu Behike 54 e retire a anilha para apreciar seu puro de maneira mais descompromissada, pois em oposição aos fanfarrões citados anteriormente, existem aqueles “árbitros da vida alheia” que julgam com olhares a degustação dos outros. Quando se vir nesta situação, peça para que a sua conta seja entregue na mesa deles.

Como surgiu o Cohiba?

O nome da marca foi dado em alusão às folhas secas que os indígenas costumavam fumar.  Embora tenha sido fundada em 1966, a marca somente passou a comercializar seus produtos em meados de 1982, pois antes os charutos eram produzidos exclusivamente para Fidel Castro e para o alto escalão do governo e exército cubano sendo também utilizado como presente diplomático, o que ajudou a firmar estes charutos como uma cobiçada especiaria cubana.

Fidel Castro exibindo um charuto Cohiba na capa da revista Cigar Aficionado.

Fidel Castro exibindo um charuto Cohiba na capa da revista Cigar Aficionado.

 

Do que são feitos os Cohiba?

Atualmente elaborada pela Habanos S.A, os Charutos Cohiba possuem tabaco proveniente de folhas selecionadas que recebem uma peculiar fermentação em barris, finalizando o produto em uma iguaria ímpar. Além disso, sua produção não alcança grandes quantidades, sendo limitada pela qualidade da colheita.

A seleção para alcançar os melhores tabacos começam nas sementes, escolhidas por uma equipe de agrônomos e depois transportadas para solo enriquecido. Depois, as folhas são submetidas a processos de seleção e cuidados que vão desde o amadurecimento até a colheita, passando pelas mãos de mais de 50 profissionais durante todo o processo.

O processo de envelhecimento é o ponto chave destes maravilhosos charutos. Passam por volta de um ano de fermentação dentro de barris de rum dominicano apurando seu sabor e aroma, técnica cujo os detalhes são guardados à sete chaves para que o sabor do Cohiba permaneça único.

Por fim, sua produção.
Os charutos Cohiba são construídos por mestres charuteiros que carregam consigo uma larga experiência na área. Eles são nomeados Artesãos pela própria fábrica por desempenharem um trabalho impecável ao construir charutos com acabamento perfeito.

Saiba como Conservar Seus Charutos >>> CLIQUE AQUI !!!


Coloque aqui o seu e-mail e seja um dos primeiro a receber nossas publicações e promoções:


 

O que achou do post?

Inscreva-se e não perca nenhum post!

Coloque aqui o seu e-mail e seja um dos primeiro a receber nossas publicações e promoções.

Parabéns, agora falta mais uma etapa, confirme seu e-mail clicando no link que enviamos para você agora!



Avatar for Denis Neto

Amante das baforadas mais encorpadas há mais de 15 anos, Denis Neto também é designer, marqueteiro, ilustrador e empresário que está à frente da Boxis. Defensor dos modos mais loucos e simples da degustação, caga e anda para muitas das etiquetas e formalidades que envolvem o tão requintado rito de fumar um bom (ou ruim) charuto.


  • oswaldo chrispim neto

    Boa Tarde amigos
    Seu duvida o Cohiba é um excelente charuto e faz jus a todos os elogios do texto acima . Mas se me permitem uma correção a imagem do Cohiba que vcs usaram no topo da matéria é a de um Cohiba Dominicano apelidado de Cohiba reddot . Esse charuto é produzido na Republica Dominicana para o mercado americano já que Cuba não pode registrar marcas por lá. Já fumei e é um bom charuto mas não chega perto do seu xará famoso.

Os Boêmios 2016. Degustação complexa do modo simples.

Pin It on Pinterest

Share This