Mondial de la Bière Rio: Confira as Cervejas vencedoras!

O Mondial de la Bière Rio 2015 foi um sucesso!

Algo em torno de 38 mil visitantes ao longo dos quatro dias de eventos. O crescimento de público e marcas do Mondial de la Bière Rio 2015 em relação aos anos anteriores mostra que o Rio de Janeiro entrou definitivamente no cenário da cerveja artesanal e tem uma demanda pulsante.

Hoje compartilho com vocês a lista das melhores cervejas que rolaram no Mondial de la Bière Rio 2015. Essa lista é formada pelas preferências do público e pelas grandes vencedoras do MBerr Contest Brazil.

Começando pela preferência popular: Já no último dia do Mondial de la Bière, foram reveladas as três cervejas mais votadas pelo público presente. Com 1.200 votos computados, as grandes vencedoras foram a Petra Stark, do Grupo Petrópolis, com medalha de bronze; a Interstellar, da Hocus Pocus, que ficou com a prata; e a bicampeã Niña, da Jeffrey, grande vencedora do ouro pelo segundo ano consecutivo.

Já o MBeer Contest elegeu os onze melhores rótulos, escolhidos por um júri de peso, com nomes brasileiros e internacionais, através de degustação às cegas. O MBerr Contest Brazil é o concurso que elege, às cegas, as melhores cervejas do Mondial de la Bière.

A lista traz o que há de melhor de Cerveja. Vale a pena degustar cada uma delas! E compartilhar conosco, claro.

Foram dez medalhas de ouro e uma de platina. A grande vencedora, com a medalha de platina, foi a Tupiniquim Monjolo BA Wiskey Cervejaria Tupiniquim

Os Boemios - Mondial Tupiniquim Monjolo

As medalhas de ouro foram para as cervejas:

  • Smoked Porter – Stone Brewing Co.;
  • Tupiniquim Lost in Translation – – Cervejaria Tupiniquim em colaboração com a Evil Twin Brewing;
  • Laguna Doro – Juan Coloto – Dry Hop Distribuidora;
  • Saint Bier Patada – Cervejaria Saint Bier;
  • Niobium – Wäls – Cerveja Arte;
  • Blend Tripel Montfort Chardonnay Barrel –Bodebrown;
  • Beatus – Cervejaria Mistura Clássica;
  • Dragon´s Milk – New Holland Brewing Company – USA;
  • Atomga Cherry – Bodebrown;
  • Penedon Suklaata – Penedon Brew Pub.

O júri foi composto pelos americanos Brian “Spike” Buckowski (mestre cervejeiro), Randy Mosh (consultor de criação cervejeira), os brasileiros André Soares (sommelier de cervejas), Gil Lebre (sommelier de cervejas),Gustavo Renha (sommelier de cervejas), Rodrigo Sawamura (sommelier de cervejas e chef), Ronaldo Rossi(sommelier de cervejas e chef), Luiz Caropreso (sommelier de cervejas) e a inglesa Melissa Cole (sommelier de cervejas e presidente do júri).

O grande destaque desta edição foram os sabores mais inusitados de cerveja. A maioria dos expositores apresentou rótulos criativos, entre eles cervejas com chocolate, carambola, maracujá, café e até mesmo ouro. Por outro lado, o público mostrou-se muito receptivo às novidades, sempre procurando as opções mais curiosas. Para os expositores, esse sucesso é prova de que os brasileiros estão cada vez mais interessados no universo da cerveja, indo muito além da tradicional “loura gelada”.

Luana Cloper, gerente de negócios da Fagga que acaba de tomar a frente do Mondial de la Bière, faz uma avaliação muito positiva do evento. “O mais importante é termos a certeza de que surpreendemos positivamente nossos visitantes e expositores. Um ponto crucial é aproximar o público de quem de fato produz, bota a mão na massa, cria receitas, experimenta, erra e acerta, pesquisa, se arrisca. Atrás de cada rótulo de cerveja existe uma pessoa. E proporcionar esse encontro gera uma relação intimista e de respeito com a bebida e seu processo de produção”.

O Mondial de la Bière Rio já está confirmado para o próximo ano, em 2016,

com garantia de novidades na programação.

Confira as 10 melhores músicas para ouvir com as melhores Cervejas >>> CLIQUE AQUI !!!


Coloque aqui o seu e-mail e seja um dos primeiro a receber nossas publicações e promoções:


Fontes:

Diario do Rio 

O que achou do post?

Inscreva-se e não perca nenhum post!

Coloque aqui o seu e-mail e seja um dos primeiro a receber nossas publicações e promoções.

Parabéns, agora falta mais uma etapa, confirme seu e-mail clicando no link que enviamos para você agora!



Avatar for Thiago Marques

Engenheiro de Produção, consultor de Projetos e Processos, músico do choro e do samba no grupo Bença Vó e a frente da ONG PORQUENAORIO. No mais, é apaixonado por cultura, principalmente em Cultura Cervejeira. É um agregador de boas pessoas; um boêmio por natureza.


Os Boêmios 2016. Degustação complexa do modo simples.

Pin It on Pinterest

Share This