Lumiar pra viver, pra gostar, pra tratar de vadiar..

Tive a oportunidade de conhecer a aconchegante Lumiar com minha mulher, no último final de semana. Não estava no roteiro, mas conhecemos uma bela Cervejaria local. Ela funciona nas dependências da Pousada Toca da Onça. Estou falando da Cervejaria Lumiar Mountain Bier!

 

Antes de qualquer coisa, vou comentar um pouco sobre Lumiar. Pensa num lugarzinho frio, envolto à Mata Atlântica na Reserva Florestal de Macaé de Cima, com pessoas simpáticas, comidas gostosas… Perfeito para tomar uma Cerveja bem alcoólica ou um bom vinho bem encorpado (optamos por um Malbec argentino).

 

Lumiar

 

Lumiar é o 5° distrito do município de Nova Friburgo, na região serrana estado do Rio de Janeiro, situando-se a 28 km da sede do município e 150 quilômetros da capital do estado.

 

A reserva de Macaé de Cima conserva uma intocada beleza selvagem de Mata Atlântica. Entre rios, árvores gigantescas, palmeiras, cipós e delicados arbustos, florescem orquídeas e bromélias. Lá, encontramos uma variada Fauna de macacos, tamanduás, cotias e esquilos. A Reserva tem cerca de 4.699 espécies animais e vegetais, sendo 19 exclusivas da própria reserva. O clima regional é do tipo superúmido e a temperatura média anual é de 17,9°C, sendo janeiro, fevereiro e março os meses mais quentes. Enquanto junho, julho e agosto são os meses mais frios.

 

Ao lado de Lumiar fica São Pedro da Serra. Essas duas vilas se completam nos oferecendo inúmeras opções de lazer. De beleza natural impressionante, com ambiente florestal intocado, são dotadas de inúmeras belezas naturais, como as corredeiras do Rio Macaé, o Encontro dos Rios, a Pedra Riscada e extensas regiões de Mata Atlântica preservada. Piscinas naturais, mais de 30 trilhas para serem percorridas de jipe, moto, bicicleta ou a pé, oferecendo ao visitante esportes de canoagem, mountain biking, trekking e escalada.

 

Indicamos uma visita à cachoeira de Sâo José! No caminho, você passará pela bela Indiana Jones também. São dois pontos ótimos para um banho… Se você tiver coragem de encarar o frio, claro.

 

 

Mas o mais belo de tudo, sem dúvida, é o Encontro dos Rios! Logo depois do acesso pela estrada Serramar, é preciso estacionar o carro, atravessar uma ponte de madeira e seguir por uma trilha curta (5 minutos) até um chapadão de pedra de onde se vê o encontro dos Rios Macaé e Bonito. Cerca de 15 metros acima, o rio Bonito forma um espelho d´água, bom para nadar, e escorre até passar por uma fenda na pedra e se juntar ao Rio Macaé, de águas movimentadas, onde o banho é perigoso. Realmente é muito bonito!

 

 

Vou deixar uma dica aqui… Fiquei na Pousada Pouso do Tiê. Quarto aconchegante, café da manhã muito gostoso… e lá conhecemos o Vidal, responsável pela Pousada. Um cara gente boa que nos acolheu muito bem e nos deu várias dicas boas! Entre elas, conhecer a Cervejaria do meu xará Thiago. E sobre a Cervejaria, conto um pouco mais agora:

 

Lumiar Mountain Bier

 

Tudo começou em 2013, quando Thiago Emerson iniciou os trabalhos na recém criada “Lumiar Mountain Bier”. Ele auxiliava a produção das Cervejas próprias de um pub. Meses depois, já exercendo o papel de encarregado geral das produções, assumiu o posto de Mestre cervejeiro.

 

Aliando a sua paixão aos estudos, Thiago se aprimorou com materiais de pesquisa vindos direto dos Estados Unidos, e se habilitou no curso de química laboratorial ministrado pelo INMETRO. Logo se tornou apto aos requisitos gerais para realizar ensaios ou calibrações, incluindo também outros saberes mais técnicos, como amostragem, medição de pH da água, turbuleza, dureza, além de todas as medições das amostras de cervejas.

 

 

No final do ano de 2014, a Cervejaria Artesanal se mudou para a pousada Toca da Onça, que Thiago e seu pai administram juntos a pousada e a Cervejaria “Lumiar Mountain Bier”, agregando atendimento familiar, simpatia, e uma cerveja de altíssimo nível que arrebata até mesmo os paladares mais exigentes.

 

O segredo: as águas puras de uma fonte própria e a dedicação do Daniel e do seu jovem filho, Thiago Emerson, Mestre Cervejeiro que, inquieto e curioso, se prepara para novos desafios e novas receitas!

 

A Cerveja artesanal da Lumiar Mountain Bier utiliza água mineral natural potável de mesa de uma fonte própria, analisada pelo Laboratório das Águas (L.A.C.A.), o que dá, sem dúvida alguma, um charme e uma qualidade superior ao processo de produção. Por fim, eles utilizam equipamentos de estilo HOMEBREW, que conferem ao produto final características diferenciais e permitem uma experiência incrível!

 

 

Lá tivemos a oportunidade de Degustar dois rótulos. A Lumiar, que é uma Weissbier bem cremosa, robusta, com notas de banana, cravo e levemente caramelizada; e a Pedra Riscada, que é uma WitBier estilo belga, levemente cítrica, com aroma frutado lembrando laranja, mexerica e semente de coentro!

 

Os outros dois rótulos não estavam disponíveis na Lumiar Mountain Bier, mas encontramos a Toca da Onça, que é a Belgian IPA deles, na Pousada Pouso do Tiê e trouxemos para provar em casa! Vamos ter que voltar para provar São Pedro da Serra, que é a Robust Porter…

 

 

Produzidas com insumos de alta qualidade, seguindo a Lei de Pureza alemã de 1516 (RENHEITSGEBOT), as cervejas passam por rigoroso processo de mistura (brassagem), fermentação e maturação. Ainda há o monitoramento constante, dia-a-dia, para que os aproximados 2 mil litros de Cerveja sem produzidos por mês (que fica todo nos estabelecimentos de Lumiar) com o máximo de qualidade nesta produção que, embora muito profissional, é de cunho familiar.

 


Fonte:

Pousada Toca da Onça

Pousada Pouso do Tiê

Viaje aqui

Lumiar

O que achou do post?

Inscreva-se e não perca nenhum post!

Coloque aqui o seu e-mail e seja um dos primeiro a receber nossas publicações e promoções.

Parabéns, agora falta mais uma etapa, confirme seu e-mail clicando no link que enviamos para você agora!



Avatar for Thiago Marques

Engenheiro de Produção, consultor de Projetos e Processos, músico do choro e do samba no grupo Bença Vó e a frente da ONG PORQUENAORIO. No mais, é apaixonado por cultura, principalmente em Cultura Cervejeira. É um agregador de boas pessoas; um boêmio por natureza.


Os Boêmios 2016. Degustação complexa do modo simples.

Pin It on Pinterest

Share This