Bohemia – A número Um

Saudações, boêmios.

Hoje vamos falar um pouco sobre a verdadeira número um. A primeira cerveja fabricada no Brasil. Você sabe qual foi?

Marca hoje produzida pela AmBev – Companhia de Bebidas das Américas, a primeira cerveja fabricada foi a Bohemia, em 1853.

images

 

Seu rótulo principal é uma cerveja clara, do tipo Standard American Lager, que pra nós é vendida como Pilsen…. Depois dela, surgiram Brahma (1888), Antartica (1889), Caracu (1899), Polar (1929), Serramalte (1957), Skol (1967), Kaiser (1982) e muitas outras mais.

Mas voltando a falar da Cerveja, ela tem 5% de teor alcoólico. Ao longo de 150 anos, a Bohemia têm sido fiel às suas principais características: aroma e sabor.

 

A Cervejaria Bohemia foi fundada entre o final de 1853 e o início de 1854, pelo colono Henrique Kremer, conceituado artista que se especializara na cobertura de casas com tábuas. Com a morte dele, em 1865, seus herdeiros constituíram a firma Augusto Kremer & Cia., que existiu até 1876, quando os sócios se separaram, ficando à frente da Bohemia Frederico Guilherme Lindscheid. Nesse momento a cervejaria recebeu o nome de “Imperial Fábrica de Cerveja Nacional”. Em 1898, com a morte de Frederico Lindscheid, sua filha Carolina, que era casada com Henrique Kremer, neto do fundador e o mais novo sócio, Guilherme Bradac, criaram a Companhia Cervejaria Bohemia. Quando a Antartica Paulista adquiriu a empresa em 1960, o fez por intermédio do Diários Associados, representado pelo jornalista Carlos Rizzini, então presidente da Bohemia.

Tive a oportunidade de visitar a fábrica num evento de meu aniversário. Em 2012 eu acho… A visitação é ótima e você aprende muito sobre história e processo produtivo da cerveja. Além de poder degustar uma diretamente da fonte. Fica a dica. Petrópolis é uma graça! Algumas fotos:

617025_459832250704971_1150003457_o

 

614457_460255603995969_1488520101_o

 

393801_459534114068118_274116478_n

 

324790_459069280781268_1411512702_o

 

No início de sua fabricação, a cerveja Bohemia tinha características de uma cerveja estilo alemã: amarga e forte. Mas com o decorrer dos anos, seu sabor passou a adquirir as características de outras marcas existentes,  tornando-se mais leve, suave, menor amarga… alcançando o padrão dos dias atuais. Para esse ponto eu digo “Que pena”.

Hoje, temos uma boa cerveja, principalmente quando comparada as mais populares (Brahma, Skol, Antartica… não vou  nem falar quando comparada as “Eita é pólvora”). Seus destaque fica pelas notas frutadas e bem perceptíveis em seu paladar.

Dentre as opções nacionais disponíveis, a Bohemia é uma das preferidas do povo… e minha.

Por isso, vou aproveitar a dica do Leozito, preparar umas Sardinhas no melhor estilo Beco das Sardinhas e degustar umas Bohemias!

 

O que achou do post?

Inscreva-se e não perca nenhum post!

Coloque aqui o seu e-mail e seja um dos primeiro a receber nossas publicações e promoções.

Parabéns, agora falta mais uma etapa, confirme seu e-mail clicando no link que enviamos para você agora!



Avatar for Thiago Marques

Engenheiro de Produção, consultor de Projetos e Processos, músico do choro e do samba no grupo Bença Vó e a frente da ONG PORQUENAORIO. No mais, é apaixonado por cultura, principalmente em Cultura Cervejeira. É um agregador de boas pessoas; um boêmio por natureza.


Os Boêmios 2016. Degustação complexa do modo simples.

Pin It on Pinterest

Share This